Some image

Evitando desperdício e reduzindo

DANOS AMBIENTAIS!

Evitando desperdício e reduzindo danos ambientais!

Plano Diretor Municipal de Combate às Perdas

O cenário brasileiro de perdas de água no setor de saneamento é bastante problemático. A média brasileira de perdas de água é de aproximadamente 40% (incluindo perdas reais e aparentes), mas em algumas empresas de saneamento essas perdas superam 60%.

O elevado índice de perdas de água reduz o faturamento do município e, consequentemente, sua capacidade de investir e obter financiamentos.
Além disso, gera danos ao meio ambiente na medida em que obriga as empresas de saneamento a buscarem novos mananciais.

O conceito de perdas nos sistemas de abastecimento de água inclui duas categorias:

  • · A “perda de água física” ou “real”, quando o volume de água disponibilizado no sistema de distribuição pelas operadoras de água não é utilizado pelos clientes, sendo desperdiçado antes de chegar às unidades de consumo;
  • · A “perda de água comercial” ou “aparente” quando o volume utilizado não é devidamente computado nas unidades de consumo, sendo cobrado de forma inadequada.

Quadro 1: Parcelas das perdas de água (reais e aparentes) em relação ao volume que entra no sistema.

O Plano Diretor de Combate às Perdas tende a contribuir consideravelmente com o decréscimo do índice de perdas de água no município. A redução das perdas físicas permite diminuir os custos de produção, mediante redução do consumo de energia elétrica, de produtos químicos, etc, e utilizar as instalações existentes para aumentar a oferta de água, sem expansão do sistema produtor.

A redução das perdas não físicas permite aumentar a receita tarifária, melhorando a eficiência dos serviços prestados e o desempenho financeiro do prestador de serviços.

Além disso, se considerarmos que a água está se tornando um recurso cada mais escasso, devido à poluição dos mananciais de abastecimento, o controle de perdas torna-se de fundamental importância.

Além disso, se considerarmos que a água está se tornando um recurso cada mais escasso, devido à poluição dos mananciais de abastecimento, o controle de perdas torna-se de fundamental importância.

Conheça também os demais Planos Ambientais:

Centro de Tecnologia em Geoprocessamento

14 3533 3201 · comercial@ceteclins.com.br
Av. Nicolau Zarvos, 1925 · Jd. Aeroporto · Lins/SP

Top